Sobre


Este é um local de inquietação, onde o imaginário pode ser real e o real pode ser imaginário. Aqui respeita-se a opinião e o livre pensar com respeito.

Os comentários expressos neste blogue vinculam exclusivamente os seus autores, não reflectindo necessariamente a opinião, nem a concordância face aos mesmos, do autor deste blogue, pelo que, publicamente, aqui declino qualquer responsabilidade sobre o respectivo conteúdo.

Reservo-me, contudo, também, o direito de eliminar comentários que possa considerar difamatórios, ofensivos, caluniosos, material explícito, ou prejudiciais a terceiros; textos de carácter promocional / comercial também poderão ser excluídos.

 

Adenda:

18 de Setembro de 2014

O «Paralelo sentido» deixou de o ter (sentido). «Alvorada» será a última entrada deste quase blogue.

Entendo e respeito a necessidade de financiamento da plataforma, mas a minha vontade de partilhar, de momento, não é compatível com a compra de qualquer serviço que me liberte da existência da publicidade.

Por respeito a quem por aqui passou, a partilha dos doze poemas, dos quais não renuncio a propriedade, permanecerá disponível, enquanto a proprietária do serviço de hospedagem o suportar de forma gratuita.

Obrigado!

 

🙂


Anúncios

Deixar uma resposta e/ou comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s